Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Loucura da Minha Vida

Step by step.

A Loucura da Minha Vida

Step by step.

FUI VER UMA PEÇA DE TEATRO COM NUS!

Em Outubro. Mas a minha cara amiga G. esteve em Erasmus e por isso só descobriu agora e EU ando a ser crucificada por isso. Não por não lhe ter dito (já lhe passou o amuo) mas por ser com nus. Quer dizer, entre as duas, eu é que sou a pudica mas ela é que ficou toda afectada! Onde é que já se viu... Eu nem me lembrava que a moça andou pelo palco vestida com o que veio ao mundo. A sério, juro. Mas a conversa com a G. quando ela descobriu foi mais ou menos esta:

 

G., indignada: "Não me disseste que a peça que foste ver era com nus!!"

Eu: "Não disse, porque não fui..."

G.: "O P. diz que sim....."

Eu: "Ah, de facto ele tem razão. Ela não tinha roupa." 

 

Cá entre nós, parte da ciumeira passa por ter ido ao teatro com o P. quando nunca o fiz com ela mas ela nega tal realidade. Obviamente que quando aceitei ir com o P. ver esta peça  - A Farsa - não sabia que a personagem não ia estar devidamente coberta. Nem tal me passou pela cabeça, para dizer a verdade (sou pudica, eu avisei) mas nas fotografias a rapariguita aparecia vestida (depois percebi que correspondiam ao 2º acto) e a descrição da peça dizia:

 "A Farsa, de Raúl Brandão (1867-1930), é uma obra teatral, expressionista, cinematográfica, centrada no ódio recalcado de Candidinha, uma mulher seca, triste e desesperada. A concepção do mundo como um "teatro universal” atravessa a obra de Brandão e, joguete nas mãos do destino, o homem é actor, não fautor, do seu destino. Em A Farsa, o triunfo do fraco é conseguido através da exploração implacável da fraqueza do poderoso (Maria João Reynaud)."

 

WIN_20150224_185929.JPG

Parecia interessante e eu aceitei. E não me arrependo. Só me arrependo que a G., tenha "descoberto" porque o raio da rapariga decidiu espalhar aos mil ventos. Conclusão?

  1. Lembram-se do double date awkward de Domingo? Pois bem, o meu amigo (que anda a conviver demasiado com a G.) decidiu contar ao tal outro casal que eu tinha ido ver uma peça com nús. Como se comer sushi não bastasse para me envergonhar, tinha de ir partilhar o acontecimento do ano com os amigos. Escusado será dizer que, fora do contexto e sem explicações, soa ainda pior.
  2. Quando encontro um amigo em comum (meu e da G.) vem à baila o assunto "ouvi dizer que tu e o P. foram ver uma peça de teatro com nus..."  

Só me apetece responder "ouviste tu e o resto do mundo, lets move on!" Mas pronto, agora que este mundo e outro já sabem do acontecimento, vamos lá esquecer a coisa está bem? Já chega e já cansa.

 

Um Double Date diferente

Double date: "A date that two couples go to." 

Já tinha estado presente em várias noites awkwards com um casal e com um amigo meu (ênfase no várias porque foram demais, até para meu gosto) mas a noite de Domingo ultrapassou os limites do razoável. Isto porque Domingo tive o prazer de ir a um double date com um casal amigo do tal amigo em que ambos achavam que iam conhecer a nova namorada do amigo em questão. Eu não sou a nova namorada coisa nenhuma mas aceitei ir ao jantar num momento de pura insanidade plus, o meu amigo me disse "vens e aproveitas para conhecer pessoas novas". Um argumento muito shitty mas que, por alguma razão desconhecida, resultou. E o que foi o jantar? Sushi, claro. Todos sabemos que nada grita "sexy" como sushi, por isso tentar causar uma boa impressão a comer tal iguaria é impossível, that's for sure. 

 

Depois de muitas proezas a envergonhar-me (não que seja algo muito difícil de conseguir) fomos os quatro ver um filme. O Kingsman para ser mais específica. E wow, mas que filme! Adorei, adorei, adorei. Muitas mortes é verdade mas todas elas épicas. Honestamente acho que chorei de tanto me rir.. Vale imenso a pena, mesmo! Logo eu que adoro fogo de artificio... achei brilhante o que fizeram para o final do filme (e mais não digo, senão ainda me apontam o dedo por ser spoiler). Mas o filme estreou 5ª feira por isso aconselho todos a irem vê-lo, mas deixem os filhos em casa, a não ser que eles [os filhos] sejam loucos como eu e gostem de ver pancadaria. :p

blog cine.jpg

Fui ver o 50 Shades!!

Começo por avisar que vou tentar controlar-me para evitar spoilers mas não prometo nada!

 

Sexta-feira fui ver o filme mais falado do ano e finalmente percebi duas coisas:

  1. Que o Jamie Dornan é bastante sexy, mesmo sem barba;
  2. A baixa cotação (agora está com 4,1* no belo do IMDB). Quer dizer, eu saí do filme com vontade de lhe dar um 2 (0-10) pela simples razão do flme acabar a meio do livro! Ah pois é bebé, dessa EU não estava nada à espera! Que frustração gigante. 

Espero que as pessoas que não leram o livro tenham ficado mais bem servidas porque para mim, o ecran ficou preto e eu só pensava "isto não vai acabar assim pois não?!" e sim, acabou. Portanto, Se os livros por si só já são uma triologia e se o primeiro filme apenas corresponde à primeira metade do primeiro livro, quer dizer que vão haver seis filmes?!?!?! Fofos, eu não gostei assim tanto dos livros para ficar pobre à conta dos filmes! Eu já não achava a mocinha bonita para o papel mas, de alguma maneira, ela conseguiu ainda piorar a cena quando abriu a boca. Maaaaas pronto, deixo-vos com uma imagem do gatão do momento:

 

blog.jpg

 

 

As desilusões de Portugal

Todos os Domingos tenho ido ao cinema e ficado estupidamente mais pobre, isto de estar de férias à tanto tempo está a afectar-me, só pode. Anyways, os primeiros três filmes descrevi-os neste post, e os últimos 3 que fui ver foram:

  1. 1/02: Mortdecai - O Excêntrico Mortdecai;
  2. 8/02: American Sniper - Sniper Americano
  3. 15/02: The Theory of Everything - A Teoria de Tudo

blog cinema 1.jpgblog cinema 2.jpgblog cinema 3.jpg

 

 É importante mencionar que todos eles foram vistos no Colombo mas ontem, como era o último dia do Blind Date com livros proporcionado no Alegro, e como eu estava genuinamente entusiasmada com o mega evento (descrito neste post lindão), arranjei todo um esquema para irmos ao Alegro em vez de irmos ao Colombo. Bem o evento foi o maior FLOP do ano pelo menos por enquanto, claro! Passo a explicar porquê:

  • Primeiro os trabalhadores (que eram 3) estavam a fazer tudo menos a prestar atenção aos clientes sendo que as duas meninas estavam a conversar sentadas em dois pufs e o rapazito estava encostado a uma das estantes agarrado ao telemóvel;
  • Todas as capas dos livros estavam tapadas, lá isso é verdade mas era mesmo só a capa. Aquela primeira página que diz o nome do livro, sabem? essa estava bem à vista de todos;
  • Não andei a contar os livros mas não chegavam nem lá perto dos 1.000 o que nem é mau, se houvesse uma maior variedade de livros - consegui a perícia de agarrar em 3 livros diferentes todos ele com o mesmo título;
  • Não sei bem porquê todos os livros que eu agarrei ou eram sobre a história de Portugal ou eram pseudo sexuais;
  • Aquela ideia amorosa de fazerem marcadores personalizados, lembram-se? Bem, a máquina estava lá, acho eu, mas ninguém me veio falar sobre ela, ou explicar o que quer que fosse já que estamos a falar do assunto...;
  • E para a próxima, se calhar, seria boa ideia escolherem menos livros que digam o titulo no cantinho superior de todas as páginas, penso eu.

 

Posto isto, eu e o meu amigo saímos daquele flop monstroso e fomos felizes e contentes em direcção à Fnac que, graças aos céus, não desilude. Não sei se tão depressa adiro a outra iniciativa destas.. enfim. Contudo, existiram duas boas consequências derivadas da nossa tentativa de ir ao Blind Date:

1) Tivemos mais de 40 minutos para jantar o que foi perfeito para entrarmos na Pizza Hut e nos deliciarmos com uma boa pizza;

2) Fugimos de boa do meet que houve no Colombo.

Cinema

Este ano já fui ao cinema 3 vezes (provavelmente para compensar os cinco meses e meio em que não pus os pés em nenhum..) e fui ver:

  1. 11/1: Foxcatcher - Foxcatcher
  2. 18/1: Laggies - Encalhados
  3. 19/1: The Imitation Game - O Jogo da Imitação

blog cinema 1.jpgblog cinema 2.jpgblog cinema 3.jpg

 

Pensei em fazer uma pequena síntese dos filmes mas como quero evitar "spoilar" os filmes para quem ainda os quer ver digo apenas:

  1. Confesso que o que mais me inclinou para a escolha deste filme foram os actores e a pessoa com quem o fui ver. Acho que, no geral, o filme está bom. Eu não conhecia a história por isso o final apanhou-me um bocado de surpresa. 
  2. Deu para rir, que era o que na altura precisávamos (acho que a meio do filme eu chorava de tanto rir,lol). Recomendo.
  3. Wow. Muito, muito bom. Acho que ainda não processei o filme todo mas vale imenso a pena! 

Se quiserem saber algo mais específico sobre os filmes (ou outra coisa qualquer) é só perguntarem que eu tentarei responder.